Cuiabá - MT, 20-08-2022 às 02:00

Miragens de Lucinda Persona

Certos eventos mundiais, em sua nefasta magnitude, constituem pontos de ruptura, funcionando também como aceleradores da alma e/ou como propulsores da palavra. De certo modo, é nesse sentido e observação geral que “Miragens” se estrutura.

Lucinda Persona e sua obra "Miragens" | Creditos: Divulgação

O novo livro da poeta e ficcionista Lucinda Persona  traz o título de "Miragens" e será lançado no dia 18 de maio, 19h no Sesc Arsenal. A obra traz um conjunto de crônicas da escritora, cujos enredos se alinham na transversalidade da pandemia, expondo distâncias, desertos, inquietações e o cruzamento de instantes díspares num cotidiano recluso. A linguagem vai refletindo a urgência de uma escrita na qual o desconforto e o estranhamento brotam no centro puro do silêncio.

Extensamente nutrida por imagens, tecendo ora aquilo que se vê, ora aquilo que não se vê, a autora viaja aos quatro cantos da habitação, redefinindo cada coisa, num pacto com a fantasia.

As miragens, menos do que os efeitos ópticos frequentes nos desertos, são muito mais olhares, modos de observar, fitar ou cravar a vista em algo evocativo, significativo, instigador.

Com isso, dentro das regalias da contemplação demorada, tudo é tomado pela fantasia, e os seres, objetos e fatos em mira abandonam seu estado de real para atuarem (se quisermos) ou lampejarem como visões.

A OBRA 

Título do livro – “MIRAGENS”

Gênero – Crônica

Autora – Lucinda Persona

Editora – Entrelinhas, Cuiabá-MT, 2021. 112 páginas.

Imagem da capa – “Deserto”, obra do artista plástico Emerson Persona.

Valor no lançamento – R$ 50.


A AUTORA

Lucinda Persona nasceu em Arapongas, PR. Em 1965 transferiu-se com a família para Cuiabá, Estado de Mato Grosso, onde vive. É poeta e ficcionista e bióloga. Na poesia é autora de: Por imenso gosto (1995, 2018), premiação UBE; Ser cotidiano (1998); Sopa escaldante (2001, premiação UBE); Leito do acaso (2004); Tempo comum(2009); Entre uma noite e outra (2014) e O passo do instante (2019).

Tem publicações na literatura infantil, em revistas literárias e integra antologias de conto e poesia. Pertence à Academia Mato-grossense de Letras.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.